quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

MEU PROFESSOR DE CIÊNCIA POLÍTICA





Às vezes penso que tenho um olhar  não tanto otimista em relação ao que vejo. Ouço o que muitas vezes não condiz com o que demonstram. Olho nos olhos e vejo a distância entre o que se diz e o que se pensa . Sinto cada vez mais que estamos em um grande circo. Não sei quem é o palhaço. Poupe-me. 

Sinto me distante de muitos , talvez de quase todos. 
Estou vivendo e sou atuante. Gosto de lê, filosofar,"jogar conversa fora", é bom não ? Política , confesso que esqueci o que significa. Só lembro com saudades das aulas de Ciência Política, com um professor muito querido que há tempo não tenho notícias. 

Hoje a vida ainda é BELA! Quando olho para duas pessoas encantadoras que estão bem próximas a mim. Sei que existem  ainda afetos por aí. Mas sinceramente olhares distantes, críticos, juízos, e palavras vazias , demonstrando pouco envolvimento. Será que eles  ficaram para trás? Ou viraram fantasmas???

Ainda gosto da VIDA. Mas ela não  encanta tanto como antes. É duro? Pode ser. A verdade não é fácil para ninguém (diz meu sobrinho, não é? rsrs) . Aprendi bem cedo a enxergar o sofrimento alheio, Deus me deu isso como experiência. Hoje sei que a minha vida é um privilégio. Confesso que tenho essa gratidão por ter tido uma vida com certas facilidades, até o momento, isso diante de tudo que vi e ouvi....por aí.

Amo viver por que amo a CRISTO. Amo viver por que Amo duas pessoas encantadoras:  LUCAS FERRERO e ESTÊVÃO FERRERO.

Amo viver por que ainda consigo sentir o amor de CRISTO POR MIM. A sua bondade, misericórdia, o olhar de perdão todas as manhãs ....simples é o AMOR DE CRISTO  por mim.
Encerro assim, mais ou menos como no início....A vida é bela, mas não me sinto muito mais desse mundo aqui.

Naila de Freitas

Nenhum comentário: